CBF vai à FIFA pedir obrigatoriedade de liberação de jogadores para seleções de base

outubro 11, 2019
Coluna do Fla: A FIFA vai promover reunião do seu Conselho daqui a duas semanas, em Xangai, na China. A ocasião vai reunir confederações do mundo todo para debater o futebol e a CBF já tem duas pautas em vista. O jornalista Martín Fernandez publicou no blog Bastidores FC, do portal GloboEsporte.com, que a confederação brasileira vai pedir duas alterações nas regras do esporte.
A primeira delas pode impactar o Flamengo de forma direta. A CBF vai pedir que a FIFA inclua no seu calendário oficial os jogos das seleções de base (sub-23, sub-20 e sub-17). Isto faria com que todos os clubes do mundo liberassem obrigatoriamente os atletas convocados para estas partidas. Hoje, esta obrigação é apenas para jogadores chamados para as seleções principais.
A não-obrigatoriedade para jogadores de base foi o argumento usado pelo Flamengo para liberar Reinier dos amistosos da Seleção Sub-17 em setembro. O jovem acabou liberado por liminar do STJD, entrou em campo e marcou gol na vitória do Mais Querido sobre o Avaí, no dia 7 de setembro. O Vasco passou por situação parecida com Talles Magno.
Segundo Fernandez, os clubes europeus devem apresentar resistência ainda maior à proposta. Os casos de Rodrygo e Vinícius Jr – do Real Madrid e com perspectivas para atuarem na seleção sub-23 – são usados como exemplos para ilustrar o caso.
A outra proposta levada pela Confederação diz respeito às licenças de trabalho de treinadores. O presidente da CBF, Rogério Caboclo, chegou a sugerir, em entrevista ao jornal O Globo, a criação de um sistema unificado mundial para formação de técnicos. Hoje, os treinadores brasileiros têm dificuldade para encontrar espaço no cenário europeu – e a CBF julga que isto acontece pela falta de validação dos certificados nacionais no Velho Continente.
Pedro Santana

About the Author

Pedro Santana

Leave a Comment:

All fields with “*” are required

Leave a Comment:

All fields with “*” are required