Archive Monthly Archives: fevereiro 2015

Flamengo x Macaé – A invasão com cheiro de armação

Cheiro de armação no ar?!

Vou ser direto no assunto de hoje, tem que ser muito ignorante para deixar algumas curiosidades sobre essa “invasão” ao vestiário do Macaé.

O Flamengo dificilmente tem problemas dentro dos estádio quando o assunto é organizadas. É claro, as vezes acontecem episódios que são lamentáveis, mas  não podemos ignorar o fato de que as pessoas que comentem estes “crimes” devam ser punidas e não o clube de fato.

O Flamengo fechou 2014 sem incidentes como este contra o Macaé, e logo na sua terceira partida do ano aconteceu um episódio horrível como esse? Muito estranho diga-se de passagem. No jogo contra o Vasco ocorreu o episódio da briga entre torcedores do Flamengo contra os do Vasco. Na ocasião, o CAP Léo foi fotografado em meio a confusão. Uma situação um pouco suspeita.

Contra o Macaé:

O Flamengo não tem nenhum tipo de rivalidade contra o Macaé, apenas o normal dentro de campo, nada como um Fla-Flu ou Fla-Vasco… Então não vejo maiores motivos para que “100 torcedores” invadam o vestiário do Macaé para roubarem frutas e chuteiras. E de fato é muito curioso como 100 torcedores consigam invadir o vestiário de um estádio com a tamanha facilidade. E quem estava filmando ? No meu ponto de vista, se foi um membro do Macaé, ele seria agredido, se foi algum integrante da torcida organizada que invadiu o vestiário, seria ele tão ingênuo de postar o vídeo que comprova a invasão e ainda divulgar o rosto dos invasores?!

Exagero pela parte do Berna?

Acredito que ele possa ter sido agredido sim, mas durante a entrevista antes do jogo ele estava com um pequeno sangramento no queixo e que na normalidade seria feito um curativo, mas o mesmo foi até o campo dar entrevista. Deu para ver claramente que o goleiro tinha um pequeno corte, baseando-se também pela quantidade de sangue a estava presente em seu queixo. Durante entrevista após o jogo, o Goleiro ficava o tempo todo tentando manter o curativo no lugar, o mesmo já não ficava preso na pelo do jogador e ele ficou segurando durante toda entrevista. 

Tudo bem, alguns marginais que se acham torcedores são imprevisíveis, mas todo esse episódio acontecer justamente quando o Flamengo se opõe a FeRJ é muito estranho. Sem contar na declaração assinada pelo senhor  presidente da Ferj, Rubens Lopes.

“… A entidade repudiou a postura do clube rubro-negro e alegou que o time da Gávea está usando a mídia para incitar a sua torcida contra a Ferj…”

Seja o culpado quem for, que seja punido “ele” e não toda a massa que apoia incondicionalmente e respeitosamente o Clube de Regatas do Flamengo. O Flamengo e sua torcida não podem ser punidos por animais que se intitulam torcedores.